sexta-feira, setembro 22, 2017

MPE ENTRA COM NOTÍCIA-CRIME CONTRA GAROTINHO

O Ministério Público Eleitoral de Campos protocolou notícia-crime contra o ex-governador, Anthony Garotinho e pedido de providências ao juiz Eron Simas, da 99ª zona eleitoral, conforme extrato abaixo:


950 HOMENS DO EXÉRCITO ENTRAM NA ROCINHA

Mais de 950 homens do Exército entraram na comunidade da Rocinha, no Rio de janeiro, numa tentativa de pacificar a região conflagrada os últimos dias.

Veja em tempo real no G1

HC DE GAROTINHO NO TSE PODE FICAR PARA SEMANA QUE VEM

Blog Na Curva do Rio



Decisão sobre HC de Garotinho no TSE deve ficar para a próxima semana
 22/09/2017 15:26 - ATUALIZADO EM 22/09/2017 17:01
A decisão sobre o Habeas corpus que pede a libertação do ex-governador Garotinho, em prisão domiciliar desde quarta-feira (13), deve ficar mesmo para a próxima semana.
A previsão até ontem era que a decisão saísse ontem, quinta-feira, mas acabou adiada depois da informação da Seap ao juízo da 100 Zona Eleitoral sobre possível violação do monitoramento eletrônico de Garotinho. Mais tarde, a própria Seap, através da assessoria de imprensa, informou que tratava-se de falha do sistema do GPS.
O Blog de Esdras também falou sobre o assunto.

SEMÁFORO AMEAÇADO DE QUEDA PELO VENTO

(Pelo in box)


Amigo, Fernando Leite, tirei foto dos (4) Lados de apoio do sinal ,que fica aqui na Av 28 Março com Barão de Miracema, antiga São Bento, em frente a um Deposito de Material de Construção e uma Dedetizadora, do outro lado 2 Postos de Gasolina, e na Cidade esta ventando forte e balançando..... E assim estão vários.....


O ex-médico Farah Jorge Jarah, o esquartejador, foi encontrado morto em sua casa, em São Paulo

G1



O ex-cirurgião plástico Farah Jorge Farah (de óculos, no centro), em 2014
(Foto: André Lucas Almeida/Futura Press/Estadão Conteúdo)


O ex-médico Farah Jorge Farah foi encontrado morto em sua casa, na Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo, nesta sexta-feira (22), informou a polícia. Condenado a 14 anos e oito meses de cadeia por matar e esquartejar uma paciente em 2003, ele deveria ser levado de volta à prisão após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinar, na quinta, a imediata execução provisória de sua pena.

Segundo o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, um chaveiro foi chamado para abrir a porta da casa do ex-médico quando a ordem de prisão chegou. Quando os policiais entraram, encontraram Farah deitado na cama, com um corte profundo na perna. Uma equipe médica tentou socorrê-lo, mas ele já havia morrido.

O delegado acredita que Farah usou um bisturi para se matar. Segundo o policial, ele criou um "ritual" para morrer. “Ele colocou uma música sinistra, uma música de terror, coisa estranha, fúnebre. Ele se vestiu com roupas de mulheres, colocou seio, colocou essas coisas, e atentou contra a própria vida”, conta.

Na madrugada desta sexta, Farah foi visto entrando em sua casa com uma sacola com pães em uma das mãos e uma bengala na outra.

Ex-médico Farah Jorge Farah é condenado por homicídio e vai voltar para cadeia
Farah foi condenado em 2014 a uma pena de reclusão em regime fechado pelo assassinato e esquartejamento de Maria do Carmo Alves, que além de paciente era sua amante . Apesar disso, uma decisão de 2007 do Supremo Tribunal Federal (STF) permitiu que ele respondesse em liberdade.

Em agosto, o relator do caso, ministro Nefi Cordeiro, já havia atendido a um pedido do Ministério Público (MP) de São Paulo e votado pela imediata prisão do ex-médico Farah Jorge Farah. No entanto, houve um pedido de vista do ministro Sebastião Reis Júnior que levou a conclusão do julgamento para esta quinta-feira. Sebastião decidiu acompanhar o voto de Nefi Cordeiro. O STJ também negou recurso da defesa de Jorge Farah que pedia anulação do último júri.

Delegado fala sobre a morte do ex-médico Farah Jorge Farah

O crime

Farah cometeu o crime 23 de janeiro de 2003 na clínica dele, em Santana, na Zona Norte da capital paulista. A vítima tinha 46 anos quando foi atraída para o local e morta pelo então médico, que queria pôr fim à relação conturbada que tinha com a vítima. O condenado tem 67 anos atualmente.
De acordo com a denúncia da Promotoria, Farah matou Maria após ela ir a seu consultório com a falsa promessa de que a submeteria a uma lipoaspiração. Em seguida, ele dispensou sua secretária e sedou a vítima.

Segundo o MP, após constatar a morte dela, Farah passou a esquartejar o corpo para dificultar a identificação. O cortou em pedaços e os escondeu em sacos plástico no porta-malas de seu carro. Os órgãos e o pescoço da vítima nunca foram encontrados pela Polícia Civil.

Dois dias depois, ele se internou numa clínica psiquiátrica e confessou o crime à família e à polícia. Posteriormente indicou o local onde havia deixado o corpo de Maria.

A defesa de Farah alegava que seu cliente havia matado a paciente e amante para se defender dela. Maria teria tentado atacar o então médico, que se defendeu com uma faca. Segundo os advogados Maria perseguiu o então médico por mais de quatro anos, o que teria levado o réu a um "estado alterado", a ponto de matar para se proteger.

Em razão do crime, Farah foi proibido de trabalhar como médico anos antes dos dois julgamentos. Em 2006 o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) determinou que ele não poderia mais fazer cirurgias.

Farah passou por dois julgamentos por conta do assassinato de Maria. O primeiro ocorreu em 2008, quando ele foi condenado à pena de 12 anos de reclusão. Mas esse júri foi anulado em novembro de 2013.

A Justiça atendeu recurso da defesa e marcou novo júri, que ocorreu em 15 de maio de 2014. Naquela ocasião, o ex-médico havia sido condenado a 16 anos de prisão em regime inicial fechado por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. No ano passado, a Justiça diminuiu a pena do ex-médico para 14 anos e oito meses por ele ter confessado o crime.

ABERTA SEMANA MUNDIAL DA RETINA, NO TEATRO DE BOLSO

(ascom)




O vereador Jorginho Virgilio (PRP) participou da abertura da Semana Mundial da Retina, no Teatro de Bolso. Números sobre um levantamento de alunos com problemas de visão na rede pública foram apresentados no evento.
Mais informações e fotos em anexo.
Qualquer dúvida pode ligar para o 998588131


LANÇAMENTO DO LIVRO O SEGREDO DO CAPITÃO GARRAFA


CEDAP REALIZOU JORNADA DE ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL

O Diario



Centro de Doença atende 3,8 mil pacientes com alzheimer e 700 com parkinson

Profissionais da área de saúde e familiares de diagnosticados participaram da IX Conferência do Dia Mundial de Doença de Alzheimer
Em comemoração ao Dia Mundial do Alzheimer, o Centro de Doença de Alzheimer e Parkinson (CDAP), realizou nesta quinta-feira (21), no auditório da sede da Prefeitura de Campos, a VII Jornada de Envelhecimento Saudável / IX Conferência do Dia Mundial de Doença de Alzheimer. Segundo a coordenadora do CDAP, a geriatra Deborah Casarsa, o evento foi um grande sucesso e reuniu um público variado e atento a palestras ministradas por grandes profissionais da área da saúde que atuam no município.
“Estamos muito felizes com a presença de um grande público que lotou o espaço e se interessou pelo assunto. O evento foi bastante relevante porque é um meio de conscientizar a população sobre a importância de um diagnóstico precoce de uma síndrome demencial que limita o paciente e que muitas vezes pode tirar a harmonia do lar”, ressaltou.
O público-alvo do evento foram profissionais e universitários da saúde e a população em geral, principalmente familiares de pacientes diagnosticados com alzheimer. Ainda segundo Deborah, o Centro de Doença de Alzheimer e Parkinson atende, atualmente, cerca de 3,8 mil pacientes com alzheimer e 700 pacientes com parkinson ou outros distúrbios de movimento.
“Trabalhamos com uma equipe multidisciplinar que atende a população de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, mediante encaminhamento médico”, completou.
Ascom – PMCG  Fotos: Rogério Azevedo

quinta-feira, setembro 21, 2017

MEDICAMENTOS VENCIDOS NA GESTÃO ANTERIOR EM SFI

(ascom)


  Uma grande quantidade de medicamentos vencidos, com datas de validade variando entre 2013 e 2016, durante a gestão do prefeito Pedrinho Cherene, foi encontrada num banheiro desativado de um prédio anexo ao Hospital Municipal Manoel Carola, na localidade de Ponto de Cacimbas, em São Francisco de Itabapoana (SFI). Segundo o secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista, a descoberta ocorreu durante as reformas realizadas no local. Embora os preços ainda não tenham sido contabilizados, um levantamento prévio revela que o prejuízo aos cofres públicos pode ultrapassar os R$ 500 mil.

        “Estamos realizando obras e a descoberta ocorreu por acaso. Ao investigar a infiltração no meu gabinete, um operário necessitou ter acesso ao banheiro de uma sala de reuniões, que estava trancado, já que não era usado. Depois de arrombar o cadeado para realizar o reparo, os medicamentos foram encontrados”, revelou.

        A farmacêutica Juliana Gatti, do Departamento de Assistência Farmacêutica, realizou uma conferência, elaborando um relatório com os números dos lotes e data da validade do material. “Vamos encaminhar os medicamentos para a Vigilância Sanitária, acionar o Ministério Público (MP) e a Procuradoria-Geral do Município, a fim de tomar as medidas cabíveis. A prefeita Francimara Barbosa Lemos já determinou a abertura de uma Sindicância Administrativa para apurar as responsabilidades”, explicou o secretário.

A diretora do Departamento de Vigilância Sanitária, Karina Abdu, revelou que inicialmente o material não poderá ser descartado. “Vamos lacrar e preservar os medicamentos, deixando-os longe da população. Enquanto o processo estiver em andamento no MP, o material precisa ficar à disposição do órgão, caso seja necessária uma perícia ou qualquer outro tipo de análise a ser realizada. Somente depois poderá haver a incineração dos remédios”, revelou Karina.

A farmacêutica Aureliana Melo Caetano Denes mencionou alguns materiais encontrados. “Observamos que a grande maioria dos medicamentos é composta por antibióticos, que servem para combater infecções. Existem ainda remédios injetáveis, alguns que podem custar até R$ 1 mil, e ainda alguns importados”, ressaltou Aureliana.



PASSAGEM SOCIAL PODE ACABAR EM OUTUBRO PRÓXIMO

Jornal Terceira Via



Prefeito de Campos afirma em reunião com sindicato que passagem social pode acabar

De R$1, a passagem subiu para R$2 em julho e deve ser fixada em R$2,75 se o benefício realmente for cancelado

CAMPOS 
POR REDAÇÃO
 
21 DE SETEMBRO DE 2017 - 16h39
Fotos: Silvana Rust
Durante uma reunião na quarta-feira (20), na sede da Prefeitura de Campos, entre o prefeito Rafael Diniz, a Secretaria de Transparência e Controle e o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Roberto Virgílio, conversaram sobre a possibilidade da suspensão total do programa Passagem Social.
No encontro, o prefeito disse que estuda a possibilidade do término do programa e que caso o benefício seja suspenso, a data de término poderá ser no dia 01 de outubro.
A reunião foi proposta pelo presidente do sindicato, Roberto Virgílio, que tratou de assuntos como o atraso dos pagamentos dos funcionários das empresas de ônibus. De acordo com Roberto, algumas empresas estão há três meses sem pagar aos funcionários.
“A São Salvador e Siqueira estão com atraso de três meses; enquanto a Turisguá e Rogil, dois meses; além da Cordeiro e São João, que estão com um mês de atraso”, explicou Roberto ressaltando que o prefeito garantiu que os repasses estão em dia e que convocará os empresários para uma reunião.
Em nota, a superintendência de comunicação da prefeitura de Campos informou que “A prefeitura informa que estão previstas reuniões do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) com segmentos do setor para que, em conjunto, possa ser avaliado um redesenho para o atual programa de Passagem Social. A Prefeitura de Campos informa, ainda, que vem estudando as contas municipais e reavaliando os contratos para diminuição do déficit mensal encontrado pelo governo este ano que já está em cerca de R$ 35 milhões, quando do início do ano era de mais de R$ 57 milhões.”
Passagem Social
No dia 08 de julho, a passagem social em Campos deixou de custar R$ 1 e passou a valer R$ 2.
O programa foi implantado em 2009 durante a primeira gestão da ex-prefeita Rosinha Garotinho e o rombo nos cofres da cidade que teria sido deixado por ela foi a explicação dada por Rafael Diniz para a mudança dos custos. A lei que autorizou o acréscimo de 100% no valor da tarifa foi publicada no Diário Oficial do município no dia 8 de junho, após aprovação da Câmara Municipal de Campos.
Em Campos, o valor da tarifa é R$ 2,75, mas as pessoas que possuem o cartão Campos Cidadão, passaram a pagar o valor de R$ 2 pela passagem, e o município subsidia R$ 0,75, diminuindo o valor dado às empresas, que antes era de R$ 1,75. O presidente do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), Renato Siqueira, explicou que, com o sistema de bilhetagem eletrônica que o órgão pretende implantar, ainda no segundo semestre deste ano, haverá a contabilidade completa dos usuários do transporte coletivo.

STF REJEITA PEDIDO DE TEMER PARA SUSPENDER ENVIO DE DENÚNCIA À CÂMARA

G1


Por Renan Ramalho, G1, Brasília





O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou nesta quinta-feira (21) suspender o envio, à Câmara dos Deputados, da nova denúncia contra o presidente Michel Temer apresentada pela Procuradoria Geral da República.
Com a decisão, a acusação deve ser encaminhada ao Legislativo já nos próximos dias, dependendo somente de trâmites formais.
Temer foi denunciado na semana passada pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça. Mas o STF só poderá analisar a acusação se a Câmara autorizar.
A defesa do presidente, contudo, havia pedido que a denúncia fosse remetida à Câmara somente após a conclusão das investigações sobre se os delatores da J&F omitiram informações dos investigadores. Provas entregues pelos delatores compõem a denúncia.
Mas, ao analisar o pedido da defesa, por 10 votos a 1, a maioria dos ministros do STF negou suspender o envio da acusação.
Votaram pelo envio imediato da denúncia:
Edson Fachin (relator)
Alexandre de Moraes
Luís Roberto Barroso
Rosa Weber
Luiz Fux
Dias Toffoli
Ricardo Lewandowski
Marco Aurélio Mello
Celso de Mello
Cármen Lúcia.
O único a divergir foi:
Gilmar Mendes
Ele ainda votou para a Corte devolver a denúncia à PGR (leia detalhes mais abaixo), como quer a defesa de Temer.
Imagem mostra o presidente Michel Temer (Foto: Leonardo Benassatto/Reuters) Imagem mostra o presidente Michel Temer (Foto: Leonardo Benassatto/Reuters)
Imagem mostra o presidente Michel Temer (Foto: Leonardo Benassatto/Reuters)

Envio da denúncia
A Constituição determina que denúncias por crimes comuns contra o presidente da República só podem ser analisadas pelo Judiciário com prévia autorização da Câmara.
Para essa autorização, são necessários votos favoráveis de, no mínimo, 2/3 dos deputados federais, ou seja, 342 dos 513.
A defesa de Temer queria adiar o envio da denúncia à Câmara, apontando suspeitas de que a delação dos executivos da J&F teve orientação do ex-procurador Marcello Miller, quando ele ainda trabalhava na PGR.
O advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira sustenta que essa ajuda invalidaria, inclusive, a gravação de uma conversa entre Temer e Joesley Batista, sócio da J&F, uma das bases da denúncia.
Votos
A maioria dos ministros, porém, considerou que a eventual revisão da delação da J&F não afeta a condição de terceiros – os acusados, por exemplo.
Eles também seguiram o entendimento de Edson Fachin, relator da denúncia, de que a validade das provas só poderá ser analisada posteriormente, quando e se o STF for autorizado pela Câmara a analisar a denúncia.
O que disse Fachin:
"Não cabe a essa Suprema Corte proferir juízo de admissibilidade sobre a denúncia antes do exame da autorização pela Câmara. Não cabe proferir juízo antecipado a respeito de eventuais teses defensivas."

Luiz Fux também observou, ao proferir o voto:
Trata-se de denúncia grave, principalmente porque se refere ao chefe máximo de nossa nação. Nem por isso compete a nós deixar de observar o devido processo legal. O momento é de aguardar o juízo político que antecede o juízo jurídico."
Único a divergir, Gilmar Mendes votou para devolver a denúncia à PGR, sob o argumento que a acusação contém fatos anteriores ao mandato do presidente, o que inviabiliza o prosseguimento da peça à Câmara.
Ele também atacou a validade da delação da J&F, apontando diversos fatos que apontam para a ajuda de Miller aos delatores.
"Certamente já ouvimos falar de procuradores preguiçosos, violentos, alcoólatras, mas não de procuradores ladrões. É disso que se cuida aqui, corruptos, num processo de investigação. Essa pecha a Procuradoria não merecia ao fazer investigação."
Nova procuradora-geral
Durante a sessão desta quarta (20), a recém-empossada procuradora-geral da República, Raquel Dodge, não se manifestou oralmente sobre os pedidos de Temer, já que a PGR já havia falado no julgamento, em favor do envio da denúncia.
Ela, no entanto, enviou memoriais aos ministros reiterando a posição do órgão de não suspender a remessa da denúncia à Câmara.
"A Constituição é rigorosa: as etapas e instâncias de decisão estão bem delineadas na fase pré-processual. Não há lugar, portanto, para impugnar a viabilidade da denúncia fora desse rito constitucional, antes da decisão da Câmara dos Deputados."

CAMPISTAS VENCEM ETAPA BRASILEIRA DE CONCURSO INTERNACIONAL

(Portal PMCG)



Alunos da Escola Municipal Olavo Saldanha, em Boa Vista, participaram do “Space Awareness Space Scoop Comic Contest”, por criação de uma história em quadrinhos. Prêmio é concedido pela fundação holandesa Universe Awareness (Unawe).

Os estudantes Ana Carolina Porto da Silva e Lucas Campista, da Escola Municipal Olavo Saldanha, em Boa Vista, receberam nesta quinta-feira (21) os certificados de vencedores do primeiro prêmio internacional “Space Awareness Space Scoop Comic Contest”, na categoria nacional de 12 a 15 anos, por criação de uma história em quadrinhos original baseada em uma nova descoberta ou imagem do espaço selecionada. O prêmio é concedido pela fundação holandesa Universe Awareness (Unawe), difundida em Campos pelo Clube de Astronomia Louis Cruls. Também foi selecionada a estudante Pauline de Souza. Todos os alunos foram orientados pela professora Sílvia Helena Ribeiro.

Eles receberam os certificados das mãos da coordenadora de Ciências da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Smece), Carla Salles. “O recebimento desta premiação é uma prova que os nossos alunos, com dedicação e vontade, além da orientação de professores empenhados, conseguem ir longe, se destacando nacionalmente e até em prêmios internacionais. Que eles possam servir de exemplo e estímulo para os demais estudantes da rede. Para nós é motivo de muito orgulho”, frisa.

Para Ana Carolina, o prêmio foi uma surpresa. “Nunca tinha feito um quadrinho na vida. Na época me inspirei no halloween e fiz sobre estrelas zumbis”, explica. Já para Lucas, os certificados estão virando rotina. “Este é o quinto. Também venci o concurso de redação Cassini Cientista por um Dia, desenvolvido pela Agência Espacial Americana (Nasa) e participei do concurso de asteroides”, lembra o estudante que também é escritor.

— Participarei do Festival Doces Palavras (FDP!) com minhas poesias e estou escrevendo uma peça para apresentar na Semana de Ciência e Tecnologia. Quero seguir profissionalmente na área e inspirar mais jovens, pois, se eu, com 15 anos e morando em Boa Vista, consegui lançar livro e vencer concursos, eles conseguem — destaca o estudante.

Por: Renata Lourenço - Foto: Divulgação -  21/09/2017 15:30:02



NUNCA SALVAREMOS TANTAS VIDAS QUANTO AGORA

Caros amigos e amigas da Avaaz,

Talvez não haverá outra oportunidade de salvar tantas vidas quanto agora.

Milhares de rohingyas estão desesperados tentando atravessar um rio entre Mianmar e Bangladesh. Eles estão fugindo de um cenário de terror, e embora consigam avistar um lugar seguro, não têm dinheiro para pagar a travessia com barcos pesqueiros. E o pior: o exército está se aproximando.

Assim que o time da Avaaz soube, transferiu dinheiro para parceiros locais que contrataram barcos e centenas de famílias foram salvas!

Agora podemos fazer muito mais e conseguir comida, roupas e abrigo para as poucas organizações que estão ajudando essas famílias desesperadas a atravessarem o rio.

Essa situação é real, e se agirmos rápido, sua doação pode literalmente salvar uma vida. Para atravessar uma criança ou uma mãe, custa apenas R$32. A Avaaz não vai ficar com nenhum centavo e vamos enviar uma atualização a todos os doadores sobre a situação e de como o dinheiro foi gasto:

Mais de 400 mil rohingyas escaparam do genocídio e da limpeza étnica nas últimas três semanas em Mianmar. Isso é metade da população dessa etnia. A maior parte está encurralada entre milícias sanguinárias de um lado e o rio do outro.

80% dos sobreviventes são mulheres e crianças(!), mas até agora, ninguém está coordenando o resgate e a ajuda a elas. É muita gente para salvar em muito pouco tempo...

Tudo o que arrecadarmos será imediatamente transferido a parceiros locais confiáveis que transportarão essas pessoas para um lugar seguro. Se por um acaso descobrirmos outras maneiras de ajudar, faremos uma pesquisa com as doadores antes de usar o dinheiro.

Essa tragédia foi causada por pessoas. É política. A Avaaz luta há anos pela proteção dos rohingyas. Vencemos batalhas, mas esse show de horror mostra que falhamos. Embora continuemos pressionando o governo de Mianmar e nossos governos para cessarem esse terror, precisamos enfrentar essa emergência humanitária. Doe com um clique:

Este provavelmente será o momento em que nossa comunidade mais salvará vidas até hoje. Vamos ajudar a acabar com o terror que essas pessoas sofrem há anos e levar os rohingyas para um lugar seguro quando eles mais precisam de ajuda.

Com esperança e urgência,
Alice, Ricken, Allison, Rewan, Nataliya, Oli e toda equipe da Avaaz 

HC DE GAROTINHO ESTÁ NO TSE

(Blog do Garotinho)

Recurso do Garotinho chegou ao TSE




Desde ontem, no fim da tarde, foi protocolado no TSE o pedido de habeas corpus de Garotinho. O relator é o ministro Tarcísio Vieira de Carvalho. O ministro poderá decidir de forma monocrática ou colocar o pedido no plenário para decisão conjunta. O ministro não tem prazo para sua decisão que pode ser dada a qualquer momento.

Postado pelo moderador

RAFAEL DINIZ BEM AVALIADO PELA UNIÃO BRASILEIRA DE DIVULGAÇÃO


TSE ARQUIVA RECLAMAÇÃO DE GAROTINHO CONTRA REDESIGNAÇÃO DE JUIZ RALPH MANHÃES PARA 100ª ZONA ELEITORAL

O Ministro Herman Benjamin, corregedor do TSE, indeferiu e mandou arquivar reclamação interposta pelo advogado do ex-governador Anthony Garotinho, reclamando da designação do juiz Ralph para exercício na 100ª zona eleitoral, em ato editado pela presidência do TRE, extrapolando o biênio de jurisdição eleitoral.

Veja:



SOS PREFEITURA DE CAMPOS

Caro Fabiano, responsável pelo transporte para tratamento fora do Município, peço-lhe, encarecidamente, que não deixe faltar o veículo que vai levar, entre outros, Lelê, filha de Regina Silva. Nós conhecemos o caso dela, é de absoluta necessidade. Peço-lhe, por favor, que encontre os meios necessários para a viagem, sem o que, ela poderá ficar sem a cadeira especial que garante sua mobilidade.
Abraço fraterno,
Fernando Leite.

Lelê.

quarta-feira, setembro 20, 2017

FACHIN VOTA CONTRA PEDIDO DE TEMER PARA SUSPENDER ENVIO DA DENÚNCIA À CÂMARA

G1

Por Renan Ramalho, G1, Brasília


Ministro Edson Fachin

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin votou nesta quarta-feira (20) contra a suspensão do envio, à Câmara dos Deputados, da nova denúncia contra o presidente Michel Temer. Fachin é o relator do caso. Depois dele iriam votar os demais ministros.

Temer foi denunciado ao STF pela Procuradoria Geral da República pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. Mas o Supremo só poderá analisar o acusação se a Câmara autorizar.

G1 AO VIVO: ACOMPANHE A SESSÃO DO STF EM TEMPO REAL

Mas, ainda na semana passada, após a denúncia ser oferecida, a defesa de Temer pediu que a acusação não seja remetida, argumentando ser preciso aguardar o fim das investigações sobre suposta omissão de executivos da J&F nas delações premiadas.

Provas entregues pelos delatores da J&F integram a denúncia contra Temer.

A defesa do presidente diz que as provas não são válidas, pela suspeita de que os delatores foram orientados pelo ex-procurador da República Marcelo Miller, quando ele ainda trabalhava na PGR.
A Constituição determina que a denúncia deve ser encaminhada à Câmara, a quem cabe autorizar, por no mínimo 2/3 dos deputados, a análise da acusação pelo STF.

Se aceito pelo STF, o pedido de Temer paralisará a tramitação da denúncia.

Voto de Fachin

Ao proferir o voto, Fachin disse que o Supremo só pode analisar validade das provas ou outros questionamentos sobre a denúncia após autorização da Câmara.
"Não cabe a essa Suprema Corte proferir juízo de admissibilidade sobre a denúncia antes do exame da autorização pela Câmara. Não cabe proferir juízo antecipado a respeito de eventuais teses defensivas."

A decisão sobre a suspensão da denúncia depende dos votos de 11 ministros do STF.
Na semana passada, nove ministros que participaram da sessão negaram outro pedido de Temer, para afastar o ex-procurador-geral Rodrigo Janot das investigações e anular seus atos no caso.

PREFEITO ABRE ÀS 18H FESTIVAL DE DOCES PALAVRAS

Folha da Manhã


Festival Doces Palavras aberto nesta quarta-feira
JHONATTAN REIS  - ATUALIZADO EM 19/09/2017 17:08
Festival vai até domingo (24)
Festival vai até domingo (24) / Supcom
O prefeito Rafael Diniz abre, nesta quarta-feira (20), às 18h, a segunda edição do Festival Doces Palavras (FDP!), que acontece em Campos até domingo (24). A abertura oficial acontecerá às 18h, no Palco Lamparão — coreto principal da Praça Barão do Rio Branco (Jardim do Liceu). O evento contará com atividades no Liceu de Humanidades de Campos, Jardim do Liceu, Casa de Cultura Villa Maria, Câmara Municipal e Escola Municipal de Gestão do Legislativo (Emugle). O FDP! — que tem organização da Associação de Imprensa Campista (AIC), Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL) e Academia Campista de Letras (ACL) — ocorre a cada dois anos e une duas tradições campistas: literatura e produção de doces.
— Estamos fazendo um evento grandioso. Mesmo com toda a dificuldade financeira do município, não poderíamos deixar de realizar um evento como este. Este festival vai acontecer da melhor forma que a gente pode fazê-lo. Que a cultura possa ocorrer sempre na nossa cidade de forma livre e com transparência — comentou Rafael Diniz durante entrevista coletiva realizada na última semana.
A abertura oficial acontece às 18h, mas as atividades do FDP! começam já pela manhã. Às 9h, no Liceu, serão abertas as exposições permanentes. Haverá, ainda, no mesmo espaço, visita dos alunos do turno da manhã às exposições permanentes no Solar do Liceu, às 9h30; visita dos alunos a outros espaços envolvidos no festival, às 10h; apresentação do poema “Jardim do Éden”, de Antônio Roberto Fernandes, às 11h; visita dos alunos do turno da tarde às exposições permanentes no Solar e aos demais espaços envolvidos no FDP!, às 17h; e apresentação do Coral Musi-Canto, às 20h.
Na Câmara Municipal, haverá apresentação do coral da Escola Mário Barroso, às 9h, e visitação ao Corredor Histórico Cultural, às 10h. Na Emugle, terá a palestra “Desenho a bico de pena”, com José César Castro e Rodrigo Espinosa, às 11h, e a oficina “Técnicas básicas de confecção de livro artesanal”, com Fábio Botrel, às 15h.
No Coreto Lamparão (praça), haverá, além da abertura oficial com o coral infantil da Escola Municipal Marlo Barroso, plantio de ipê, às 16h, e a apresentação “O samba une o que as cidades separaram: sambistas cariocas e campistas!”, do grupo Lamparões Musicais do Centro Cultural Marcelo Sampaio, às 21h.
O Espaço Judith Grossmann (Emugle), contará, às 19h, com debate sobre o tema “Compositores e poetas campistas do mundo do samba”, com Marcelo Sampaio e Oliver Almeida, tendo moderação de Ricardo Silva. No mesmo horário, mas no Espaço do Escritor, será lançado o livro “Um Amanhecer de Sol em Amor”, de Sol Figueiro.
Na Casa de Cultura Villa Maria, haverá duas atividades à tarde. Entre 14h e 17h, será aberta a exposição “Autores Campistas”. Às 15h, terá o “Manifesto Acadêmico-científico Villa-FDP! Uenf Resiste”.
No espaço Ruth Maria Chaves (Emugle), será realizado um panorama sobre o patrimônio histórico arquitetônico de Campos, com a palestrante Fernanda Fonseca Alvarenga, às 14h.
O Bar Vermelho (coreto menor do Jardim do Liceu) receberá, às 22h, os debatedores Carlos Vasquez e Artur Gomes, que falarão sobre o tema “Histórias do Bar Vermelho”, com moderação de Adelfran Lacerda.
Entre as atividades de amanhã (21) está o lançamento do livro “Ella e um Vira-Lata Romântico”, de Francisco Antonio Alves, às 18h, no hall da Câmara Municipal de Campos.