sábado, junho 25, 2016

OPERAÇÃO CUSTO BRASIL EM ESTADOS E PREFEITURAS TAMBÉM

A Policia Federal bem que poderia ampliar a Operação Custo Brasil para Estados e Municípios, uma vez que os empréstimos consignados se estendem a esses servidores também.
Não são poucas as reclamações de funcionários que tiveram seus nomes negativados pelo SERASA porque os descontos foram feitos em seus salários, mas não foram depositados na conta da instituição financeira.
Pra onde vai esse dinheiro?
Isso, sem contar que as condições do empréstimo são criminosas, as taxas de juros são estratosféricas.
Esse é um mato que tem coelho. É só caçar!

sexta-feira, junho 24, 2016

UBS DA PENHA REINAUGURADA SEM MEDICO E SEM REMÉDIO

(Do mural de Aryanna Vieira, no facebook)


Agora só falta colocar nariz de palhaço na população porque até de trouxas fomos chamados por um vereador aí.
Ontem foi a inauguração da UBS DA PENHA,com fogos e tudo mais...porem só foi inaugurado um prédio bonito ,pois a UBS DA PENHA é a apenas a transferência do efetivo do postinho do CSU para esse prédio bonito,pois hoje exatamente as 7:00, fui levar minha bebé vomitando e chegando lá não havia pediatra e a prefeita vc disse qe tinha,nao tem remédio,nao é 24 hrs,e só funciona de segunda a sexta! Agora eu pergunto pra que aquela palhaçada toda de ontem com vários vereadores enchendo linguiça,a aplaudindo uma coisa que não atende a população,e detalhe pediatra só pra 30 DE JULHO,E COM MARCAÇÃO fora isso não à atendido.
Venderam um peixe errado para encher os olhos da população no desespero de não perder a eleição mais isso vai acontecer sim,pois a maquiagem que esta sendo feita na entrega de obras não vai calar um povo com sede de justiça.
SIMPLESMENTE UMA OBRA ELEITOREIRA...
Queremos um atendimento digno de um povo qe paga seus impostos,pois é o mínimo que podemos ter ...
Inclusive a própria população do bairro da penha não prestigiou o evento,e o efetivo qe estava no local era TODOS da prefeitura, até porque todos sabemos a verdadeira mentirada que é essa prefeitura ....

quinta-feira, junho 23, 2016

TRE AMPLIA CANAIS DE DENUNCIA DE PROPAGANDA IRREGULAR

ASCOM TRE-RJ alexsandra.melo@tre-rj.jus.br

18:51 (Há 2 horas)
para ASCOM

TRE-RJ lança novos canais para receber denúncias de propaganda eleitoral irregular

População poderá informar irregularidades também pelo Facebook e WhatsApp

Neste ano, a população fluminense terá dois novos canais para denunciar irregularidades na campanha eleitoral: uma página na rede social Facebook e um número de WhatsApp (21-99533-5678). "O Judiciário precisa estar cada vez mais próximo da população, por isso é nosso dever oferecer ao eleitor canais que estão sendo utilizados de forma massiva, fazendo dele um parceiro da nossa fiscalização e garantindo o sigilo da sua denúncia", afirma o coordenador de fiscalização da propaganda no Estado, juiz Marcello Rubioli.

Outras opções para comunicar irregularidades ao TRE-RJ são o Disque-Denúncia Eleitoral (21) 3436-9999, que funciona de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, e o email propaganda.eleitoral@tre-rj.jus.br. Por meio de todos os canais, é possível enviar fotos e vídeos. Ao denunciar, o eleitor receberá um número de protocolo para acompanhar o andamento dos procedimentos.

O juiz Marcello Rubioli explica que os canais receberão denúncias tanto de propaganda eleitoral antecipada, ou seja, aquela que é feita antes do dia 16 de agosto, quanto de abuso de poder, que é a conduta abusiva de utilização de recursos financeiros, públicos ou privados, ou de acesso a bens ou serviços em virtude do exercício de cargo público, que tenha potencialidade para gerar desequilíbrio entre os candidatos, afetando a legitimidade e a normalidade das eleições. "Para saber se determinada conduta é de fato irregular, é importante que os eleitores leiam nossa cartilha com as regras da propaganda eleitoral, disponível no site do TRE-RJ", recomenda o magistrado.

As denúncias serão direcionadas para a Central de Mídia Virtual, que funciona na sede do TRE-RJ, no Centro do Rio de Janeiro, e utilizadas como base para as operações diárias das equipes de fiscalização da propaganda em todo o Estado. Os relatórios das ações da fiscalização são encaminhados ao Ministério Público Eleitoral e podem dar origem a ações judiciais que pleiteiem a cassação do registro ou diploma de um candidato ou multa.

Além das operações voltadas para coibir irregularidades, a Coordenadoria de Fiscalização da Propaganda Eleitoral também busca orientar os partidos políticos, como forma de prevenir propagandas antecipadas e abuso de poder. O juiz Marcello Rubioli tem se reunido com representantes das legendas para tirar dúvidas e divulgar a cartilha com as regras da propaganda eleitoral.

Canais para denúncias de propagandas irregulares:
facebook.com: Denúncias Eleitorais RJ 2016
whatsapp: 21-99533-5678
e-mail: propaganda.eleitoral@tre-rj.jus.br
telefone: Disque-Denúncia (21) 3436-9999
Acesse a cartilha com as regras da propaganda eleitoral aqui.

FAMILIAS DE GESTEIRA DECIDIRÃO ONDE CONSTRUIR SUAS CASAS DESTRUIDAS PELA AVALANCHE DE LAMA DA SAMARCO

(ascom)

Famílias de Gesteira elegem neste sábado local onde serão reconstruídas casas e equipamentos públicos 

As famílias de Gesteira, distrito de Barra Longa, elegem neste sábado, 25/6, o local onde serão reconstruídas as oito casas e os equipamentos públicos impactados pelo rompimento da barragem de Fundão, entre eles igreja, salão paroquial e campo de futebol.
Assim como realizado em Bento Rodrigues e Paracatu, os moradores visitaram os terrenos e receberam cartilhas com informações sobre qualidade do solo, água, geologia, vegetação, cavidades e outras características. A Samarco priorizou o diálogo e a transparência desde o início do processo.
As duas áreas identificadas, denominadas de Macacos (7 hectares) e Sr. Clércio (1,1 hectares), estão localizadas próximas à quadra central do distrito, atendendo a pedido da comunidade.
Assim que o terreno for escolhido, terá início a discussão sobre o projeto arquitetônico e urbanístico, além dos padrões construtivos das moradias.
O próximo passo será o diálogo individual com as famílias para a definição de detalhes como local, estrutura e padrões de acabamento de cada residência. Uma vez fechados os acordos individuais, a expectativa é que os projetos de engenharia fiquem prontos até o fim do ano. A Samarco realizará a entrega do local, conforme assinado no Acordo com os governos federal, de Minas Gerais e do Espírito Santo, até 2019.
A VOTAÇÃO
A votação irá ocorrer em duas etapas. Na primeira, as famílias que perderam suas casas irão escolher o terreno para reconstrução dos imóveis. Na sequência, a comunidade, em conjunto, define o local onde serão reconstruídos os equipamentos públicos.
ACORDO
O processo de reconstrução em Gesteira é mais um dos compromissos assumidos pela Samarco para a recuperação socioambiental e socioeconômica das áreas impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão. Ele consta do acordo assinado em pela Samarco, seus acionistas (Vale e BHP Billiton), os governos Federal, dos Estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de órgãos governamentais federais e estaduais,.
O documento, homologado pela Justiça no dia 5 de maio, prevê a criação de uma Fundação de direito privado que ficará responsável pela implantação de 41 programas (93% dos programas já estão em andamento), reunidos em duas principais frentes de trabalho, uma socioeconômica e outra socioambiental. Concentra, ainda, as ações emergenciais que vêm sendo adotadas pela Samarco desde novembro e propõe novos projetos. 
Visite nossa Sala de Imprensa – www.samarco.com/imprensa
Assessoria de Imprensa da Samarco: (31) 3269-8844 / 3269-8838
Ana Heineck – ana.heineck@samarco.com - (31) 3269-8857
Leandra Valadares – leandra.valadares@samarco.com - (31) 98281-3034
Marcone Andrade – marcone.andrade@samarco.com - (31) 98481-3401

ARTIGO

(Por e-mail)


Nada de urna eletrônica no referendo do Reino Unido
Por Almir Quites - 23/06/2016


REINO UNIDO "IN" OU "OUT"?

O Reino Unido decide hoje, 23/06/2016, quinta-feira, se permanece ou não na União Europeia (UE). Este plebiscito é extremamente importante para toda a Europa. A votação inicia-se às 3 h e finda às 18 h, pelo horário de Brasília. Estima-se que votarão 46.500.000 eleitores. No Reino Unido o voto é facultativo. Aliás, o Brasil, entre as 15 maiores economias do mundo (PIB acima de US$1 trilhão), é o único país no qual o voto ainda é obrigatório.

Até hoje, nunca um país membro deixou a união política e econômica de 28 países, que desde seu início só tem se expandido. O referendo foi uma promessa de campanha do primeiro-ministro David Cameron. Apesar de ter apoiado a consulta, Cameron defende a permanência do país no bloco.


OS BRITÂNICOS VÃO UTILIZAR URNA ELETRÔNICA?

Não. Eles usam urnas neutras, desenergizada e de plástico e apuração manual.

O voto eletrônico (
também conhecido como "e-voting") é o voto que utiliza meios eletrônicos para facilitar a contagem de votos. A votação eletrônica pode abranger uma variada gama de serviços desde o primeiro registro feito pelo eleitor na urna, até os que são feitos abertos ao controle público, pela internet, que vão desde a transmissão de dados básica até a totalização, passando pelo voto "on line" através de dispositivos domésticos conectáveis comuns.

O grau de automação pode variar desde tarefas simples até uma solução completa, a qual inclui o registro de eleitores e a autenticação eleitoral, coleta dos votos, apuração local ou recinto especial (
cabine eleitoral), criptografia de dados voto e transmissão de servidores, totalização e administração eleitoral. 

Um sistema digno de voto eletrônico deve executar a maioria dessas tarefas respeitando um conjunto de normas estabelecidas pelos órgãos reguladores e também deve ser capaz de respeitar, com sucesso, a requisitos severos associados à segurança, exatidão, integridade, agilidade, privacidade, auditabilidade, acessibilidade, relação custo-benefício, escalabilidade e sustentabilidade ecológica.

Em geral, podem ser identificados dois tipos principais de votação eletrônica:
  • A votação eletrônica que é fisicamente supervisionada por representantes das autoridades eleitorais, governamentais e independentes (caso das máquinas de votação eletrônica situados em cabines de votação);
  • A votação eletrônica remota, pela internet (também chamada "i-voting"), na qual o eleitor vota em casa ou sem ir a um posto de votação. [1] [2] [3] [4] [5]
Muitas inseguranças foram encontradas em urnas eletrônicas comerciais, como, por exemplo, o uso de uma senha de administração padrão (senha de acesso ao sistema). [6] [7] Foram relatados casos de urnas eletrônicas que fazem erros, deliberados ou não. As questões-chave, relativas ao voto eletrônico, são as seguintes: a abertura de um sistema de concurso público de peritos externos, a criação de um registro em papel autenticável dos votos para conferência e uma cadeia de segurança e vigilância dos registros. [8] [9]

A tecnologia de votação eletrônica pode acelerar a contagem dos votos, reduzir o custo do pessoal de apuração manual dos votos e proporcionar melhor acessibilidade para os eleitores com deficiência. No entanto, houve muitíssimas contestações e disputas judiciais, especialmente nos Estados Unidos, sobre a votação eletrônica, especialmente quanto às urnas eletrônicas tipo DRE (justamente a que é até hoje usada no Brasil), porque elas facilitam a fraude eleitoral e não são auditáveis. Além disso, o voto eletrônico tem sido criticado como desnecessário e caro. Vários países têm cancelado a votação eletrônica e preferido a manual, como a Holanda e o Reino Unido. [10] [11]

Agora compare com a triste situação do Brasil, onde a apuração eleitoral é secreta e completamente insegura, principalmente quanto a grandes fraudes, as que são feitas no atacado. Leia os artigos indicados a seguir:


Boa leitura. Siga os links! Você ficará indignado. Ajude a esclarecer os seus amigos! O Brasil está completamente iludido com estas urnas eletrônicas.

ADVOGADA VISITOU FAT FAMILY ANTES DO RESGATE

Pela imagem, percebe-se que o traficante Fat Family está bem debilitado, recém-operado, se é que foi feita a cirurgia prevista, contudo tem sido difícil para a Policia do Rio, descobrir seu paradeiro. Isso contraria a lógica, mas enfim,

Leia matéria no Extra:



o: Foto do leitor / Extra
Marcos Nunes
Tamanho do textoA A A
Os agentes da Divisão de Homicídios (DH) que investigam o resgate do traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, já sabem que ele recebeu a visita de uma advogada horas antes de ser retirado por cúmplices do Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio. Ela esteve na unidade na tarde de sábado. Outro advogado também esteve com o traficante no hospital, entre os dias 13 e 16. Um dos advogados já foi ouvido pela polícia.
Cinco policiais militares do 5º BPM (Praça da Harmonia) que se revezaram na escolta do bandido seriam ouvidos nesta quinta na especializada, mas os depoimentos foram transferidos para amanhã.
Os agentes já sabem também que as motos usadas pelo bando que resgatou Fat Family fugiram do Souza Aguiar pela contramão pela Praça da República. Outro grupo seguiu a pé até a Rua Frei Caneca, ainda no Centro, onde roubou um Honda Fit. O carro foi apreendido nesta quarta-feira e já foi periciado.
PMs respondem IPM
Um Inquérito Policial Militar (IPM) foi aberto para apurar um erro de comunicação na cadeia de comando do batalhão de Praça da Harmonia que pode ter facilitado a ação criminosa. Três oficiais da unidade que foram exonerados após o resgate responderão a esse IPM. São eles o ex-comandante do 5º BPM, tenente-coronel Wagner Guerci, o subcomandante da unidade e o chefe de operações do Comando Regional. Este último perdeu o cargo porque não agiu de modo a impedir a retirada de Fat Family do hospital. Ele recebeu a informação de que o resgate aconteceria, mas não alertou outras unidades como, por exemplo, o 2º BPM (Botafogo), responsável pelo policiamento no Morro Santo Amaro, no Catete, na Zona Sul - Fat Family era de lá e o “bonde” que o pegou no Souza Aguiar saiu da comunidade.
Nesta quinta-feira, 15 presos da mesma facção criminosa de Fat Family deixaram o Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, e seguiram para presídios federais fora do estado. Entre os detentos transferidos está Edson Pereira Firmino de Jesus, o Zaca, tio de Fat Family. A transferência foi determinada pelo juiz Eduardo Oberg, titular da Vara de Execuções Penais (VEP) do Rio após pedido da Secretaria de Estado de Segurança e do Ministério Público.
Além de Zaca, a lista traz nomes considerados de grande influência dentro da facção, como Isaías Costa Rodrigues, o Isaías do Borel; Márcio Gomes Medeiros Roque, o Marcinho do Turano; Marcelo Fonseca de Souza, o Marcelo Xará; Sandro Batista Rodrigues, o Naíba; e Davi da Conceição Carvalho, o Davi do Final Feliz.
Recompensa
O Portal dos Procurados oferece recompensa de R$ 3 mil reais por informações que levem à prisão de Fat Family. Quem tiver pistas pode denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram: (21) 96802-1650; Facebook (inbox):https://www.facebook.com/procurados.org/; e também pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177.
Foto: Divulgação
Fat Family foi resgatado por cerca de 15 homens armados com fuzis e pistolas - armas de brinquedo também foram usadas na investida. Uma pessoa morreu: Ronaldo Marriel ia buscar atendimento no Souza Aguiar. O carro em que eles estava foi metralhado. Outras duas pessoas ficaram feridas.

POLICIA FEDERAL FAZ BUSCA E APREENSÃO NO APARTAMENTO DA SENADORA GLEISE HOFFMANN

Extra:

Jorge William / O Globo
O Globo
Tamanho do textoA A A
RIO - O ex-ministro Paulo Bernardo foi preso na manhã desta quinta-feira, em Brasília, como desmembramento da 18ª fase da Operação Lava-Jato. Um mandado de busca e apreensão também está sendo cumprido na casa da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), mulher de Paulo Bernardo, em Curitiba. Policiais federais também estão na sede do PT no Centro de São Paulo.
A Polícia Federal indiciou Gleisi e o marido dela ao concluir o inquérito sobre as suspeitas de que dinheiro desviado da Petrobras abasteceu em 2010 a campanha ao Senado da parlamentar. Segundo a PF, há indícios de que a campanha de Glesi recebeu R$ 1 milhão em propina.
O delator Antonio Carlos Pieruccini informou que transportou o dinheiro, em espécie, de São Paulo para Curitiba em quatro viagens e que entregou a quantia para Ernesto Kugler, empresário considerado próximo de Gleisi.

OPERAÇÃO CUSTO BRASIL: QUEM SÃO OS ALVOS?

Mais lama:


G1


23/06/2016 09h45 - Atualizado em 23/06/2016 10h49

Saiba quais são os alvos da Operação Custo Brasil

Ex-ministro Paulo Bernardo foi preso em desdobramento da Lava Jato.
PF cumpriu mandado de busca na casa dele e da mulher, Gleisi Hoffmann.

Do G1, em São Paulo


O ex-ministro do Planejamento do governo Lula e das Comunicações no primeiro governo Dilma, Paulo Bernardo, foi preso nesta quinta-feira (23) em um desdobramento da 18ª fase da Operação Lava Jato, em Brasília. Ele é marido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). Carlos Gabas, ex-ministro da Previdência do governo Dilma, também foi alvo.
A PF informou que o objetivo da operação, batizada de Custo Brasil, é apurar o pagamento de propina referente a contratos de prestação de serviços de informática no valor de R$ 100 milhões, entre os anos de 2010 e 2015, a pessoas ligadas a funcionários e agentes públicos ligados ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).
Além das prisões relacionadas ao PT, policiais federais foram à sede do partido no centro de São Paulo. Os presos e o material apreendido serão encaminhados à sede da Polícia Federal, na capital paulista.
Veja abaixo quais são os alvos da operação:
Alvos
Paulo Bernardo em foto de setembro de 2011, quando então era ministro das Comunicações (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)Paulo Bernardo em foto de setembro de 2011,
quando era ministro das Comunicações (Foto:
Valter Campanato/Agência Brasil)
- Paulo Bernardo (preso)
Ex-deputado federal pelo Paraná, Paulo Bernardo comandou o Ministério do Planejamento na gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em 2011, quando Dilma sucedeu Lula no Palácio do Planalto, Paulo Bernardo permaneceu no governo, mas trocou de pasta, transferindo-se para o Ministério das Comunicações. Ele deixou a Esplanada dos Ministérios somente ao final do primeiro mandato de Dilma.
A defesa de Paulo Bernardo afirmou que não teve acesso à decisão da sua prisão ainda, mas que a prisão é ilegal e não preenche os requisitos autorizadores. "Assim que conhecermos os fundamentos do decreto prisional tomaremos as medidas cabíveis", seus advogados informaram, em nota.
A defesa ainda informou que "o Ministério do Planejamento se limitou a fazer um acordo de cooperação técnica com associações de entidades bancárias, notadamente a ABBC e SINAPP, não havendo qualquer tipo de contrato público, tampouco dispêndios por parte do órgão público federal".
"Ainda assim, dentro do Ministério do Planejamento, a responsabilidade pelo acordo de cooperação técnica era da Secretaria de Recursos Humanos e, por não envolver gastos, a questão sequer passou pelo aval do ministro. Não bastasse isso, o inquérito instaurado para apurar a questão há quase um ano não contou com qualquer diligência, mesmo tendo o Ministro se colocado à disposição por diversas vezes tanto em juízo como no Ministério Público e Polícia Federal", informou a defesa do ex-ministro.
O ministro Carlos Eduardo Gabas apresenta o resultado da Previdência (Foto: Agência Brasil)Carlos Eduardo Gabas quando ainda era ministro
da Previdência (Foto: Agência Brasil)
- Carlos Gabas
Ex-ministro da Previdência Social e da Secretaria de Aviação Civil do governo Dilma.
Gabas foi anunciado como ministro da Previdência em 2014. Servidor de carreira do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Gabas foi o primeiro servidor do órgão a se tornar ministro da Previdência Social. Na reforma ministerial de 2015, porém, quando a pasta virou secretaria, Gabas passou a ter o cargo de secretário.
Já em abril deste ano, após a saída de Mauro Lopes, do PMDB, da Aviação Civil após o rompimento do partido com o governo de Dilma, Gabas foi nomeado pela petista como o novo ministro da pasta.
O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto  (Foto: Reprodução)O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto (Foto:
Reprodução)
- João Vaccari Neto (mandado de prisão preventiva)
Ex-tesoureiro do PT. Condenado na Lava Jato, está preso desde 2015. Vaccari já foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em dois processos da operação.
No primeiro deles, referente a uma ação penal originada na 10ª fase da Lava Jato, ele foi condenado a 15 anos e 4 meses de reclusão. No segundo, o mesmo em que o ex-ministro José Dirceu foi condenado, Vaccari Neto recebeu a setença de 9 anos de prisão.
Leonardo Attuch, jornalista que administra o blog Brasil 247 (Foto: Reprodução/Facebook)Leonardo Attuch, jornalista que administra o blog
Brasil 247 (Foto: Reprodução/Facebook)

- Leonardo Attuch (condução coercitiva)
Jornalista que administra o blog 'Brasil 247'. Ele já havia aparecido nas investigação da Lava Jato como suspeito de ter recebido dinheiro por serviços não executados.


Paulo Ferreira, ex-tesoureiro do PT (Foto: Alexandra Martins/Câmara dos Deputados)Paulo Ferreira, ex-tesoureiro do PT (Foto:
Alexandra Martins/Câmara dos Deputados)

 
- Paulo Ferreira (preso)
Ex-tesoureiro do PT. É é marido da ex-ministra do Desenvolvimento Social no governo Dilma, Tereza Campelo.





- Daisson Silva Portanova (preso)
Advogado no Rio Grande do Sul.
- Nelson Luiz Oliveira Freitas (preso)
Ex-servidor do Ministério do Planejamento.
- Valter Correia da Silva (preso)
Secretário de Gestão da Prefeitura de São Paulo na gestão de Fernando Haddad (PT).
- Guilherme de Salles Gonçalves (mandado de prisão preventiva)
Advogado que participou da campanha da senadora Gleisi Hoffmann para o governo do Paraná, em 2010, e à prefeitura de Curitiba, em 2008.
Mandados de busca
- Apartamento de Paulo Bernado e Gleisi Hoffmann em Curitiba
- Sede do Partido dos Trabalhadores em SP

quarta-feira, junho 22, 2016

NOTA DO HGG SOBRE IDOSO FLAGRADO DEITADO NO BANCO DE CIMENTO

Nota

O paciente José Pessanha da Silva, 84 anos, portador de doença renal crônica, apos ter sido submetido a hemodiálise em clinica especializada em nossa cidade, foi deixado pela ambulância da referida clínica no HGG para atendimento, pois apresentou intercorrências depois do procedimento. Recebeu atendimento médico adequado após classificação de risco, realizou exames radiológicos e laboratoriais, tendo sido internado no próprio hospital para o seu devido tratamento. Nos últimos dias, a demanda de atendimento no HGG tem superado a capacidade instalada, mas em nenhum momento deixamos de atender os pacientes com dignidade. Não se tem medido esforços para que todos os pacientes sejam adequadamente atendidos.

Att.

Direçao Administrativa HGG

CAÇA A FAT FAMILY DEIXA 5 MORTOS NO RIO

Quanto mais a Policia se move, nesse caso do resgate do traficante Fat Family, mais confusa fica a situação.

Veja matéria do G1:

22/06/2016 11h54 - Atualizado em 22/06/2016 13h31

Ação para localizar Fat Family deixa 5 mortos na Zona Oeste do Rio

Outro suspeito foi baleado e levado para o hospital. 
Megaoperação da PM contou com 21 batalhões. 

Do G1 Rio
Nícolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, durante internação no Souza Aguiar (Foto: Reprodução/TV Globo)Nícolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, durante internação no Souza Aguiar (Foto: Reprodução/TV Globo)
A operação da Polícia Militar para localizar o traficante Fat Family na manhã desta quarta-feira (22) deixou cinco mortos na Comunidade do Rola, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. De acordo com a PM, no início da ação os criminosos atiraram contra os agentes e houve confronto. Seis suspeitos foram atingidos e cinco não resistiram. O homem que ficou ferido foi levado para o hospital. 
Os policiais prenderam também um homem que estava foragido da Justiça e foi levado para a 36ª DP (Santa Cruz). Foram apreendidos ainda um fuzil, três pistolas, uma granada e drogas a ser contabilizadas.
Desde o início desta manhã, homens de 21 batalhões da PM fizeram, pelo segundo dia consecutivo, uma megaoperação para tentar localizar Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, e os responsáveis por invadir, na último domingo (19) o Hospital Souza Aguiar, no Centro da cidade, e resgatar o suspeito. Ele chefia o tráfico na comunidade do Santo Amaro, no Catete, Zona Sul.
De acordo com informações da PM, os policiais atuavam em várias comunidades da Zona Norte, Central e na Baixada Fluminense.A invasão do hospital deixou um homem morto.
Transferências
Na manhã desta quarta, quinze presos custodiados no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste, foram transferidos para presídios federais fora do estado. Os presos são encaminhados para unidades de segurança máxima, em Catanduvas, no Paraná, o de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul e o de Porto Velho, em Rondônia.
A decisão da transferência ocorreu após uma suposta festa ter sido realizada na cadeia para comemorar a ação de criminosos no domingo (19) para resgatar o traficante Fat Family do Hospital Souza Aguiar. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) negou que tenha existido uma festa na galeria do presídio para comemorar o resgate do preso Nicolas Labre Pereira de Jesus.
"A secretaria possui imagens do sistema de monitoramento de câmeras do presídio que comprovam que tal comemoração não existiu", informou a Seap.
Lanches de uma rede fast food são apreendidos em Bangu (Foto: Seap/Divulgação)Lanches de uma rede fast food são apreendidos
em Bangu (Foto: Seap/Divulgação)
Apreensões em Bangu
A Seap informou que durante uma revista realizada pelo setor de inteligência na Penitenciária Gabriel Ferreira Castilho, em Bangu 3, foram apreendidos, no dia 3 de junho, 23 celulares, uma placa de  roteador artesanal, uma peteca de pó branco, supostamente cocaína, dois invólucros de pó branco, supostamente cocaína e cerca de meio quilo de maconha.

No Presídio Elizabeth Sá Rego, em Bangu 5, foi apreendido, no dia 18 de abril, dez lanches de uma rede fast food antes que eles entrassem na unidade prisional. A apreensão foi feita por inspetores de segurança e administração penitenciária.