sábado, outubro 25, 2014

SEGUNDO TURNO NESTE DOMINGO, 26

(Ururau)

25 de outubro de 2014 · 18:57
REDES
RSS
CIDADES E REGIÃO - ELEIÇÕES 2014

Segundo turno: eleitores irão escolher governador e presidente

Mais de 142 milhões de eleitores estão aptos a exercer o direito de cidadania
 Reprodução

Mais de 142 milhões de eleitores estão aptos a exercer o direito de cidadania

No próximo domingo (26/10), 142.822.046 brasileiros vão às urnas para definir o novo ocupante do palácio do Planalto que poderá ser Dilma Rousseff (PT) ou Aécio Neves (PSDB). Em treze estados e no distrito federal eleitores irão definir os seus representantes para o governo do estado.
A eleição para o cargo executivo (Presidente,Governador e Prefeito) exige maioria absoluta, que é quando o candidato atinge 50% dos votos validos mais um. Quando nenhum candidato atinge esse resultado é necessário realiza o segundo turno.
Nos estados onde houver segundo turno para governado do estado, primeiro deve ser digitado o Governador e depois para Presidente de sua preferência. No estado do Rio de Janeiro, onde 12.134.961 eleitores estão aptos a exercer o direito do voto, concorrem ao governo do estado o candidato a reeleição Luiz Fernando Pezão (PMDB) e o senador Marcelo Crivella (PRB).
A diretora geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), Adriana Brandão destacou que o reforço no treinamento dos mesários de Niterói e Búzios, certamente diminuirá o tempo de identificação biométrica nos municípios. No primeiro turno apuração demorou algumas horas, devido o atraso da votação nessas cidades.
No próximo domingo, as seções abrem às oito horas da manhã e fecham às cinco da tarde. O eleitor deve comparecer para votar levando um documento oficial com foto. Não é mais necessário levar também o título de eleitor.
E como já começou o horário de verão, a votação no Acre e parte do Amazonas só vai acabar às oito da noite de Brasília, horário em que a Justiça Eleitoral vai começar a divulgar os resultados da eleição presidencial. Os números para governador começam a ser divulgados às cinco horas da tarde de cada estado.

(João Fernandes)

NÃO CUSTA LEMBRAR


Dona Maria, um dedo de prosa enquanto a senhora esfrega a roupa na bacia.
Gestor(a) nenhum(a) pode pedir voto em troca de obra e serviços do governo. A senhora sabia? O cidadão, eleitor, não deve, rigorosamente, NADA ao mandatário.

Nem ponte, nem casa, nem subsídio de passagem, nem bolsa família, bolsa mobília, ou bolsa baunilha. Nem cheque cidadão, balão ou caução. Nem restaurante popular ou show pra pular. Tudo isso e tudo o mais são PAGOS com DINHEIRO PÚBLICO. O que quer dizer que a senhora dona Maria não deve orra nenhuma a filho da Pátria nenhum, O QUE LHE PERMITE E A NÓS TAMBÉM, ESCOLHER A MELHOR BIOGRAFIA ENTRE OS CANDIDATOS. Livremente.

E não aceite o discurso calhorda, segundo o qual, dependendo do seu voto, você pode perder o que, na verdade, PAGOU PRA TER. Mande a POOTKY PARYO, quem tentar lhe ameaçar com essa cretinice.

Bom dia e bom voto, dona Maria.

ULTIMAS PESQUISAS DO IBOPE E DATAFOLHA PARA ELEIÇÃO NO RIO DE JANEIRO - PEZÃO MANTEM DIANTEIRA

G1:

25/10/2014 19h24 - Atualizado em 25/10/2014 19h42

Ibope, votos válidos: Pezão tem 56%, e Crivella, 44% no RJ

Margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Segundo o instituto, indecisos somam 4%.

Do G1 no Rio
Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (25) aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo do Rio de Janeiro:

Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 56%
Marcelo Crivella (PRB) - 44%
Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo.
No levantamento anterior do instituto, divulgado na quinta-feira (23), Pezão tinha 55% e Crivella, 45%.
Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 48%
Marcelo Crivella (PRB) - 37%
Branco/nulo – 11%
Indecisos – 4%
Ibope fez a pesquisa entre os dias 23 e 25 de outubro. O instituto ouviu 2002 eleitores. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número RJ-00077/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-01196/2014.
25/10/2014 19h33 - Atualizado em 25/10/2014 19h34

Datafolha, votos válidos: Pezão tem 55% e Crivella, 45%

Pesquisa diz que 43% não votam em Crivella e 37% não votam em Pezão.
Margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Do G1 Rio
Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (25) mostra os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo do Rio de Janeiro no segundo turno:

Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 55%
Marcelo Crivella (PRB) - 45%
Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos em branco, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Na pesquisa anterior, divulgada na quinta-feira (23), os candidatos obtiveram os mesmos percentuais.
Votos totais
Se forem incluídos os votos em brancos e nulos e os dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 46%
Marcelo Crivella (PRB) – 38%
Em brancos/nulo/nenhum – 10%
Indecisos – 5%
Os percentuais de cada informação estão arredondados sem casas decimais. Por esse motivo, a soma simples deles pode não dar 100%.

Número para confirmar ou anular o voto
Foi perguntado aos eleitores qual o número eles vão digitar na urna eletrônica para confirmar ou anular seu voto para governador. A pesquisa mostra o seguinte resultado:
Menções corretas: 77%
Não sabe o número do candidato: 17%
Menções incorretas: 3%
Não sabe como anular o voto: 4%

Decisão de voto
Apresentados os dois candidatos que estão na disputa pelo governo do Rio, a pesquisa perguntou aos eleitores sobre sua decisão de voto. Os percentuais são os seguintes:
Luiz Fernando Pezão
Votaria com certeza: 43%
Talvez votasse: 20%
Não votaria de jeito nenhum: 37%
Não sabe: 1%

Marcelo Crivella
Votaria com certeza: 36%
Talvez votasse: 20%
Não votaria de jeito nenhum: 43%
Não sabe: 1%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 24 e 25 de outubro, com 2.969 entrevistados em 38 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de três pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número RJ 00078/2014
BR-01210/2014.
Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1.

IBOPE E DATAFOLHA: DILMA E AÉCIO EMPATADOS TECNICAMENTE

G1:

Ibope: Dilma tem 53%, e Aécio, 47%
Petista tem vantagem de 6 pontos e está muito próxima da reeleição, diz instituto.
Ibope: Dilma tem 53%, e Aécio, 47% (Editoria de Arte/G1)
Datafolha: Dilma tem 52%, e Aécio, 48%
Situação é de empate técnico, segundo o instituto, com Dilma numericamente à frente.
Datafolha: Dilma tem 52%, e Aécio, 48% (Editoria de Arte/G1)

TRE LACRA IGREJA UNIVERSAL EM CAXIAS

O Globo:


RIO — O prédio da Igreja Universal do Reino de Deus em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foi lacrado por fiscais do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro na manhã deste sábado. A titular da zona eleitoral de Caxias, Vera Lage, recebeu uma denúncia anônima e determinou que sua equipe fosse até o local, onde foram apreendidos material de propaganda eleitoral e listagens com números de títulos de eleitor. No local, fiscais encontraram um documento convocando fiéis para a “Crivelização”.
No topo da carta, é revelada a intenção de alcançar 400 mil votos em Duque de Caixas. Além disso, o documento traça uma estratégia para convocar fiéis para um encontro com o Bispo Inaldo “com o intuito de divulgar o Bp. Crivella”. Há orientação no texto para “convocar todos os grupos para todos os dias executarmos a Crivelização”, que incluiria agitar bandeiras e distribuir panfletos do candidato. Fiscais do TRE-RJ ainda foram a outras unidades da Universal para checar as denúncias. Entre elas, está a sede da igreja no Rio de Janeiro, a Catedral da Fé, em Del Castilho, na Zona Norte do Rio.
Uma reportagem de O GLOBO mostrou que, na antevéspera do primeiro turno da eleição, no culto “Desmanche do Fogo”, na Catedral da Fé, em Del Castilho, Zona Norte do Rio, o pastor Daniel Santos pediu votos para Crivella e para candidatos do PRB. O pedido de votos para Crivella em templos, já flagrado pelo GLOBO nessas eleições, também num culto da Universal em Nova Iguaçu, é vedado por lei. Mais precisamente na resolução 23.404 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em seu artigo 11, parágrafo 2º. A punição, ao candidato e a quem fez a campanha, é notificação e multa no valor de R$ 2 mil a R$ 8 mil.
No primeiro turno, o Rio de Janeiro foi o estado brasileiro com o maior número de ocorrências de irregularidades.
PUBLICIDADE

ELEIÇÕES NA RADIO ABSOLUTA NESTE DOMINGO

AMANHÃ, DOMINGO DE ELEIÇÕES, ESTAREI NA RADIO ABSOLUTA 1470 KHZ, COM A EQUIPE DE RADIOJORNALISMO, A PARTIR DAS 3 DA TARDE, COM TODAS AS INFORMAÇÕES SOBRE AS ELEIÇÕES DE 2014. A GENTE SE ENCONTRA LÁ.
(Foto de Nina)

É 15

Sob o olhar vigilante do Cristo Redentor,
que o Rio de Janeiro não corra o risco de um salto no escuro,
mas que cumpra seu destino de sol.

É 15 !

PONTE BARCELOS MARTINS LARGADA AO AZAR

Jornal Terceira Via:

Outro trecho do guarda corpo da Ponte de Ferro está quebrado

Em setembro, um trecho da ponte estava sem guarda-corpo, mas já foi consertado. Agora, o problema está na descida sentido Centro

O trecho do guarda corpo da ponte João Barcelos Martins (conhecida como Ponte de Ferro) que estava quebrado, foi consertado esta semana, mas outro trecho da mesma ponte também está sem um dos canos de ferro. O problema foi observado pela equipe de reportagem do jornal Terceira Via na sexta-feira (24 de outubro).

O primeiro defeito, que foi consertado, estava no meio da ponte. Já o segundo, está na descida para a margem direita do rio Paraíba do Sul. A população que precisa passar pelo local diariamente está preocupada com a possibilidade de acontecer um acidente.

Procurada pelo jornal Terceira Via, a Secretaria de Obras informou que uma equipe técnica será mandada ao local na próxima semana.