domingo, agosto 20, 2017

MORRE O COMEDIANTE JERRY LEWIS

O Dia



Um dos comediantes mais populares dos anos 1950 e 1960, Lewis aperfeiçoou a interpretação de palhaço peculiar, mas também foi celebrado como escritor, ator e filantropo em uma carreira que se estendeu por seis décadas.
Citando seu agente, a revista Variety reportou que Lewis morreu em Las Vegas na manhã deste domingo.

PREFEITO PREPARA REFORMA ADMINISTRATIVA

Terceira Via

(Foto: Silvana Rust)

Prefeito Rafael Diniz começa a desenhar a reforma administrativa

Prefeito articula fusões de secretarias e superintendências e fará mudanças no alto escalão

CAMPOS 
POR MARCOS CURVELLO
 
20 DE AGOSTO DE 2017 - 0h01
O secretariado do prefeito Rafael Diniz (PPS) passará por mudanças e ganhará nova composição já no primeiro semestre de 2018. Uma reforma administrativa começa a ser discutida na prefeitura e terá como resultado a extinção e fusão de secretarias, superintendências, fundações e outros órgãos da administração direta.
A primeira mudança acontecerá na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que será integrada à Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca). O destino do atual responsável pela pasta, o arquiteto Victor de Aquino, ainda será decidido. Como esta, outras mudanças acontecerão.
Economizar
O objetivo é economizar. Embora o prefeito e sua equipe tenham conseguido reduzir o déficit mensal inicial, que chegava a R$ 55 milhões, o município continua com as contas no vermelho e o remanejamento de competências é visto como uma forma de aliviar o saldo negativo, que ainda é de R$ 35 milhões. O buraco negro das contas do município já levou a decisões polêmicas. A mais recente foi o corte de até 50% nos salários de funcionários contratados pelo regime de RPA (Recibo de Pagamento Autônomo). O desconto foi aplicado à folha de agosto e, segundo os trabalhadores, foi decidido sem diálogo com a categoria.
Porém, embora atenda a uma necessidade do município, o discurso de austeridade pode dar a Diniz a oportunidade de mudar secretários que têm rendido desgaste ao governo enquanto mantém um curso orgânico de ações de enxugamento da máquina. Caso o prefeito aproveite o espaço, uma séria candidata a substituição é a médica Fabiana Catalani.
Longe dos holofotes e da maioria dos eventos oficiais, a secretária de Saúde é considerada inacessível por uns e omissa por outros. Avessa ao contato com a imprensa, ela se tornou personagem de uma versão adulta e política de “Onde Está Wally?”, série de livros infanto-juvenis famosa nos anos 90, em que o leitor deve encontrar o personagem título em meio a cenários cheios de coisas e pessoas.
Ponto fraco
A secretária já foi acusada nas redes sociais, por funcionários da Saúde, de nunca haver visitado os hospitais da rede municipal. A pasta, aliás, segue como um problema para o governo, que vem enfrentando protestos de servidores por conta da possibilidade de aumento da carga horária de 30 horas para 40 horas semanais, recomendado pelo Ministério Público (MP).
Soma-se a isso o desconforto causado por recente inspeção feita pelo ex-procurador geral do município, José Paes Neto, e representantes do MP, que flagraram profissionais da pasta ausentes de seus plantões nos Hospitais Ferreira Machado (HFM), Geral de Guarus (HGG) e São José, embora houvessem assinado a folha de ponto.
O fato trouxe à baila, novamente, a discussão a respeito do uso de ponto biométrico, outro motivo de discenso entre o poder público municipal e os servidores que devia ser regulado pela Saúde.
Também candidatas a mudanças são as pastas estratégicas para a execução de promessas de campanha que ainda não foram implementadas de maneira plena. Talvez a mais importante para a eleição acachapante de Rafael tenha sido a de diminuir a dependência dos royalties. Além da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, são vitais para essa empreitada as secretaria de Fazenda e as superintendências de Planejamento, de Captação de Recursos, Agricultura , Pecuária e de Trabalho e Renda.
Baixas
Qualquer mudança nestas pastas, porém, representariam transformações no secretariado de Rafael Diniz, que já perdeu o titular da Educação, Brand Arenari, em maio, e o procurador geral do município, José Paes Neto, na última quinta-feira (17). Em ambos os casos, o afastamento foi voluntário.
Tanto Arenari quanto Neto foram convocados a assumirem cargos para os quais foram aprovados em concurso público: professor adjunto no Departamento de Ciência Política da Universidade Federal Fluminense (UFF) em Niterói, no caso do primeiro, e procurador legislativo adjunto na Câmara de Vereadores de Campos, no caso do segundo.
Arenari foi substituído por Rafael Pinheiro Caetano Damasceno, que é apontado, no site da Prefeitura, como interino. Já no lugar de Neto está o subprocurador geral Paolo Marques Pereira.
A promessa é de que ambos retornem para seus cargos, mas esta volta depende de outros fatores e não apenas à vontade do ex-secretário e do ex-procurador. Arenari cumpre estágio probatório e Neto dependerá de ser cedido pela Câmara à prefeitura.

NÚNCIO APOSTÓLICO DO BRASIL CELEBRA MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS PELOS 15 ANOS DA ADMINISTRAÇÃO APOSTÓLICA SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Ontem, dia 19 de agosto de 2016, Sua Excelência Reverendíssima Dom Giovanni d'Aniello, Núncio Apostólico do Brasil, celebrou Solene Missa Pontifical, conforme a Forma Extraordinária do Rito Romano, em ação de graças pelos 15 anos da fundação da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney.


 Dom Fernando Rifan e Dom Orani Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro

sexta-feira, agosto 18, 2017

MEDICO CAMPISTA SOCORRE VÍTIMAS DO ATENTADO EM BARCELONA

Terceira Via



Médico campista socorre vítimas de atentado em Barcelona

Bernard Giancristoforo ajudou no atendimento às vítimas após o ato terrorista dessa quinta-feira na Espanha

CAMPOS
POR PATRICIA BARRETO

18 DE AGOSTO DE 2017 - 13h16

“Era o primeiro dia da viagem. Estava passeando com um amigo pela La Rambla quando vi um veículo em alta velocidade vindo na nossa direção. Corremos na direção contrária e, em seguida, voltei para constatar o estrago. Jamais passou pela minha cabeça que poderia ser um atentado terrorista”, afirma o médico.
O mundo ficou chocado com mais um atentado terrorista na manhã dessa quinta-feira (17). Dessa vez, o alvo foi um dos principais pontos turísticos de Barcelona, na Espanha. O campista e médico Bernard Giancristoforo estava a passeio no local. O ato terrorista ficará marcado pra sempre na memória de Bernard não somente por ter escapado ileso, mas também, por ter ajudado no atendimento às vítimas. O jornal Terceira Via conversou com o médico na manhã desta sexta-feira (18). Apesar do susto, ele segue o roteiro de viagem normalmente.
Bernard contou ainda que não sabe quantas pessoas atendeu. “Era um cenário de guerra. Não me sinto honrado por ter participado do atendimento àquelas pessoas, não. É traumatizante, mas era meu dever como médico”, admite.
Mais de cem pessoas ficaram feridas durante o atentado em Barcelona. O ataque foi reivindicado pelo Estado Islâmico. Horas após o primeiro atentado, um segundo ato terrorista deixou seis feridos e um morto em Cambrils, a 120 km de Barcelona. No total, 14 pessoas morreram e inúmeros feridos de 34 nacionalidades nos dois atentados na Espanha.
Na página pessoal de uma rede social, Bernard falou sobre o acontecimento:

CONVITE PARA VOCÊ


Deputado Vacarezza é preso pela Lava Jato

G1


O ex-líder dos governos Lula e Dilma na Câmara dos Deputados Cândido Vaccarezza, que deixou o PT, foi preso nesta sexta-feira (18) em São Paulo. Ele é alvo da Operação Abate, uma das duas novas fases da Operação Lava Jato deflagradas nesta manhã.
A prisão é temporária, válida por cinco dias. Por volta das 9h, Vaccarezza estava em casa sob custódia da PF. Ele deve seguir para Curitiba ainda nesta sexta. O G1 tenta contato com a defesa do ex-deputado, com PT e com as empresas citadas.

Leia no G1

CÃES DA CIDADE INDIANA FICAM AZUIS POR CONTAMINAÇÃO DA ÁGUA

O Dia


Rio que atravessa Nova Bombaim estaria recebendo lixo não tratado de uma fábrica de tintas
17/08/2017 17:08:27
O DIA

Mumbai - Os cães da cidade de Nova Bombaim, na Índia, estão ficando azuis. Segundo jornais locais, a mudança de coloração no pelo dos animais se deu por conta da poluição do rio Kasadi.
Pelo menos cinco animais de rua foram vistos com os pelos completamente azuladosReprodução Facebook
De acordo com o Tribune India, os efluentes não tratados de uma uma fabricante de tintas causaram a poluição do rio que atravessa a cidade. Na maioria das vezes, os cães afetados pela contaminação da agua vivem nas ruas e utilizam o rio como fonte de água.
SAIBA MAIS:
Membros da Sociedade Thane para a Prevenção da Crueldade Contra Animais (SPCA) afirmaram que já foram encontrados cinco cães com os pelos completamente azulados. Pelo menos um cão teria ficado cego dos efeitos dos produtos químicos lançados no fluxo, de acordo com relatórios. A ONG também confirmou que deve recolher, tratar e liberar os animais para a adoção. 
"Nós pegamos esse cachorro primeiro porque ele ficou cego devido ao corante. Agora terá que passar por um exame de sangue, pois isso nos ajudará a entender como os produtos químicos no rio o afetaram ", disse o Dr. Sanjay Jadhav, um membro da SPCA em entrevista ao Hindustantimes.
A empresa foi notificada e está sendo investigada pelo Maharashtra Pollution Control Board (MPCB), que é responsável pelo controle da poluição na cidade. O porta-voz do órgão afirmou que a situação deve ser revertida em até 15 dias. Caso a empresa não resolva o problema, as intalações poderão ser fechadas. 

RAFAEL DINIZ FALA SOBRE OS DESAFIOS DE GOVERNAR A CIDADE

Em entrevista ao programa Panorama Continental, apresentado pelo comunicador, Cláudio Nogueira, o prefeito de Campos, Rafael Diniz, fala sobre os desafios de administrar uma cidade, cujo orçamento foi arrombado.

Leia:


Rafael: "Decidi por arrumar as contas do município"
PAULA VIGNERON  - ATUALIZADO EM 17/08/2017 20:54
“Viemos de uma eleição, uma linda eleição, com mais de 151 mil votos no primeiro turno, ganhando nas sete zonas eleitorais. O primeiro prefeito da história que ganhou nas sete zonas. Mas temos que fazer uma opção: fazer apenas pelo voto, para garantir imagem e popularidade, ou fazer aquilo que é correto para o bem do município. Eu decidi, por mais difícil que seja, por preservar o município, por ser responsável e arrumar as contas”. A declaração foi dada pelo prefeito Rafael Diniz (PPS), em entrevista, nesta quinta-feira, ao programa Panorama Continental, da rádio Continental, do Grupo Folha. Em meio a um cenário de crise financeira, o gestor reforçou a importância das medidas tomadas nos últimos meses para tentar garantir os serviços essenciais ao município. Diniz também falou de assuntos polêmicos, como ponto biométrico e carga horária para servidores e programas sociais.
Na noite da última quarta-feira (16), o prefeito se reuniu com médicos, em um encontro mediado pelo Sindicato dos Médicos de Campos (SMC). Com as dificuldades financeiras, Rafael tem buscado diálogo com estes profissionais para solucionar os problemas, incluindo a carga horária e instalação de pontos biométricos. Na próxima semana, haverá um novo encontro.
— Em hora nenhuma, a gente vai obrigar as pessoas a cumprirem uma carga horária que não seja a delas. Vai ser a carga horária que está estabelecida em lei. Jamais vamos para fora da legalidade — afirmou, ressaltando que propôs aos profissionais uma escala, com servidores efetivos, que gere redução de custos para o município e seja adequada às demandas de atendimento. Quando pronta, será apresentado um projeto de lei na Câmara de Vereadores para a redução de 40 para 30 horas semanais. “Mas preciso que me mostrem um caminho. Enquanto as pessoas não me mostram um caminho, só eu sei que está faltando dinheiro para pagar. Então, preciso tomar uma decisão”, disse.
Quanto ao ponto biométrico, Rafael pontuou que o controle valerá para todos os servidores, sejam eles concursados, comissionados ou temporários, deve cumprir o seu horário. “Ele sempre foi para todo mundo. Todo servidor vai ter que cumprir e provar que está cumprindo sua carga horária. Cidades vizinhas têm; cidades importantes do Brasil têm. Campos precisava ter”, declarou.
À frente da Prefeitura desde janeiro, Rafael gere a cidade com metade da arrecadação do governo passado: R$ 1,5 bilhão. Com redução da verba, dívida de mais de R$ 2,4 bilhões e déficit mensal de R$ 35 milhões. O prefeito relatou que tem pagado aos servidores em dia. “A gente manteve em dia o salário dos servidores efetivos. Conseguimos pagar no último dia útil do mês. Uma semana depois, pagamos os comissionados (DAS). Logo depois, conseguimos pagar grande parte de todos os RPAs. Os únicos que não receberam ainda foram os médicos por uma questão de não termos dinheiro para pagar. Estamos tentando juntar para efetuar o pagamento. É importante deixar claro para a população que, quando a gente fala que não tem dinheiro, é porque realmente não tem. Não estamos desperdiçando como lá atrás. Estamos escolhendo aquilo que podemos pagar. E o primeiro ponto é pagar ao servidor”, afirmou.
O prefeito também disse que existe um projeto para a volta do Restaurante Popular. “A gente não é contra programa social. Muito pelo contrário, (mas) não deixaram dinheiro para continuar tocando. Mas estamos estudando possibilidades de voltar o quanto antes. E, mais que isso, voltar com custo zero ou quase zero para a Prefeitura através de parceria”, pontuou.

ABAIXO ASSINADO CONTRA FUNDO ELEITORAL DE 3,6 BILHÕES

Fernando Leite,  este abaixo-assinado  foi criado por alguém como você. Assine se quiser apoiar.
Assine contra o fundo eleitoral de R$ 3,6 bilhões para financiar partidos
Abaixo-assinado por Cesar Riccelli
 335 
Apoiadores
Assine a petição de Cesar Riccelli
Partidos são entidades privadas que deveriam ser financiadas por seus associados. Devem ser financiados por aqueles que comunguem do mesmo ideal. Este valor absurdo de R$ 3,6 bilhões pode ser melhor utilizado em outras áreas de atividades públicas carentes de recursos, tais como saúde, educação e segurança.

Este fundo eleitoral espúrio visa perpetuar as estruturas partidárias corruptas e envelhecidas , que não mais representam os legítimos anseios dos diversos grupos sociais do país.

Quando as campanhas forem financiadas pelos próprios apoiadores dos partidos, custarão muito menos e a relação custo-benefício será muito melhor.

Chega de enriquecer políticos, marqueteiros e de ver verbas públicas desviadas para objetivos escusos. A verdadeira representatividade surgirá de partidos com apoiadores espontâneos e conscientes.
Assine a petição de Cesar Riccelli

quinta-feira, agosto 17, 2017

POLÍCIA IDENTIFICA SUSPEITO DE ATENTADO EM BARCELONA

Veja

Foto de um dos atacantes, seu nome Driss Oukabir Soprano - (Polícia catalã)


A polícia catalã identificou o primeiro suspeito de ter cometido o atentado em Barcelona nesta quinta-feira, informou o jornal El PaísDriss Oukabir alugou a van utilizada no ataque que deixou treze mortos.
Oukabir foi visto fugindo da local do ataque após atropelar a multidão na La Rambla. Ele teria disparado alguns tiros após descer do veículo.
Segundo a polícia da Catalunha, um suspeito já foi detido e outros dois permanecem em fuga. No entanto, nenhuma identidade foi divulgada. Também segundo as autoridades locais, a van foi alugada em Santa Perpetua de la Mogada, um município próximo a Barcelona.
O veículo, de cor branca, avançou contra a multidão que andava pela principal avenida turística da cidade. De acordo com o Ministério do Interior da Catalunha, treze pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas.
Dois homens armados invadiram um restaurante logo após o ataque, mas ainda não há confirmação se a invasão está diretamente ligada ao atropelamento. O ataque já foi classificado pela polícia local como ato terrorista.
Diversas ambulâncias e carros de polícia estão no local. A região foi isolada e os estabelecimentos, fechados.
Vídeos publicados no Twitter mostram a van no local do atropelamento e diversas pessoas caídas no chão aguardando atendimento médico.